sábado, 21 de janeiro de 2012

Aposentado foi esfaqueado no bairro de São Pedro após uma discussão e morreu no local.


O aposentado José Carlos Garcia Amorim foi assassinado na manhã dessa última sexta-feira, 19, após discutir com a diarista Alessandra Silva, 28. A discussão começou quando o aposentado acusou Alessandra de ter roubado algumas roupas no varal de sua casa, e a mesma rebateu dizendo que ele estava mentindo e sentindo-se ofendida. Segundo testemunhas, José Carlos teria chegado a agredir Alessandra, que entrou na casa da patroa - ela estava fazendo uma faxina - e apanhou uma faca. Ao encontrar com Jose Carlos na escada desferiu um golpe certeiro na costela da vítima que morreu no local. Alessandra fugiu mas foi capturada na Beira Linha na casa de sua mãe. José Carlos era tido segundo moradores do local como um cidadão pacato e de bem. Conduzida a 110ª DP, Alessandra confessou o crime mas disse que não teve intenção de matar.


(Fonte: O Diário de teresópolis)

FIRJAN Promove no dia 26 e 27 deste mês, a 2ª Conferência "Cidades Verdes"

Será realizada nos dias 26 e 27 de janeiro de 2012, no auditório da FIRJAN ( Av. Graça Aranha, 01/ 2º andar) , a 2ª Conferência Cidades Verdes , este ano enfocando dois temas: “Grandes Eventos, Legado e Sustentabilidade” e “Prevenindo e Remediando Catástrofes na Era do Aquecimento Global”.
Realizada pelo Instituto OndAzul, a Conferência é patrocinada pela Prefeitura do Rio de Janeiro, com apoio da Firjan, MetrôRio e da empresa Carvalho Hosken. O prefeito Eduardo Paes fará a abertura.

A Conferência Cidades Verdes está sendo realizada pela segunda vez e contará com palestras e debates de especialistas em diversos setores da sustentabilidade, como por exemplo, o Deputado Federal Alfredo Sirkis, Presidente da Subcomissão Rio +20, Luiz Fernando Pezão, Vice-Governador e Coordenador dos Projetos de Obras de Infraestrutura do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Besserman, Presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura, Eduardo Jorge, Secretário Municipal do Verde e do Meio Ambiente da cidade de São Paulo e Dan Epstein, Diretor de Sustentabilidade e Regeneração Urbana dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, entre outros nomes da maior relevância.

INSTITUTO ONDAZUL

O OndAzul foi criada em outubro de 1990, por Gilberto Gil em conjunto com um grupo de ambientalistas comprometidos com a preservação das águas.

Hoje, após completar vinte e um anos, o OndAzul percorreu diversos caminhos, avançando em várias frentes e liderando lutas em defesa das praias e de outros ambientes aquáticos.

Os esforços realizados durante esse período permitiram a realização de diversas ações voltadas para a construção de sociedades ambientalmente sustentáveis, através da realização de projetos de recuperação de áreas degradadas, e da mobilização de comunidades em torno das questões que envolvem resíduos sólidos, gestão comunitária, proteção de mares e mananciais de águas doces, em conjunto com o estimulo a ações que visem à preservação de patrimônios culturais.
Entre os principais projetos realizados pelo Instituto OndAzul podemos destacar o Recult, pioneiro trabalho de reciclagem de garrfas PET na comunidade de Vigário Geral e o Projeto Mangue Vivo, ainda em andamento, que já reflorestou cerca de 15 hectares da vegetação nativa às margens da poluída Baía de Guanabara.

Durante o evento será lançado o novo site do Instituto OndAzul mais interativo e com maior conteúdo para pesquisas.

PROGRAMA

Conferência Cidades Verdes II – Grandes eventos, legado e sustentabilidade.
Data: 26.01. 2012

Local: Centro de Convenções da FIRJAN Av. Graça Aranha, 01 / 2º andar

08:00 / 08:30 – credenciamento e café da manhã

08:30 / 09:15 – Mesa de Abertura:

Alfredo Sirkis – Deputado Federal (PV) e Presidente da Subcomissão Rio + 20.

Márcio Fortes – Presidente da Autoridade Pública Olímpica

Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira – Presidente da FIRJAN (a confirmar)

Eduardo Paes – Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro

09:15 – 10:15 – Mesa 1 – Um balanço da Rio 92 e dos Jogos Pan Americanos

Coordenação: Sérgio Besserman – Presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro.

Samyra Crespo – Secretária de Articulação Institucional e Cidadania Ambiental do Ministério do Meio Ambiente.

Ruy César – Secretário Especial do Gabinete do Prefeito da Cidade do Rio de Janeiro

Alfredo Sirkis – Deputado Federal (PV) e Presidente da Subcomissão Rio + 20.

10:15 –10:45 – debate

10:45 / 12:00 – Mesa 2 – Estudos de caso internacionais

Coordenação: Alfredo Sirkis – Deputado Federal (PV) e Presidente da Subcomissão Rio + 20.

Susan Brownell (China)) – Ph.D. pela Universidade da Califórnia, é especialista sobre esportes na China.

Josep Pinos (Barcelona) – Professor Associado de Urbanismo e Projetos da Universidade Politécnica da Catalunha.

Andrew Boraine (Cidade do Cabo) – Diretor Executivo da Parceria da Cidade do Cabo.

Jeb Brugman – Sócio Gerente da The Next Practice e Consultor Estratégico Sênior do ICLEI Governos Locais pela Sustentabilidade.

12:00 – 12:45 – debate

12:45 / 13:45 – intervalo p/ almoço

13:45 / 14:45 – Mesa 3 – Relação entre o supra nacional, o nacional e o local na organização dos Jogos.

Coordenação: Ricardo Neves – consultor de estratégia junto a empresas e organizações de desenvolvimento (Banco Mundial, PNUD, Banco Interamericano).

Dan Epstein (Londres) Diretor de Sustentabilidade e Regeneração Urbana dos Jogos Olímpicos de Londres 2012.

Maria Sílvia Bastos – Presidente da Empresa Olímpica Municipal

Henrique Meirelles – Presidente do Conselho Público Olímpico.

14:45 / 15:15 – debate

15:15 / 16:30 – Mesa 4 – Como vamos até agora em termos de sustentabilidade?

Coordenação: Carlos Alberto Muniz – Vice-Prefeito e Secretário Municipal de Meio Ambiente da Cidade do Rio de Janeiro

Carlos Vainer – Professor Titular do IPPUR/UFRJ.

Claudio Langone – Coordenador da Câmara Temática de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Copa 2014 do Ministério do Esporte.

Roberto Ainbinder – Diretor de Projetos da Empresa Olímpica Municipal.

16:30 – 17:00 – debate

17:00 / 17:30 – encerramento e considerações

17:30 / 18:00 – café

Conferência Cidades Verdes III – Prevenindo e remediando catástrofes na era do aquecimento global
Dia 27.01.2012

Local: Auditório da FIRJAN – Av. Graça Aranha, 01 / 2º andar.

08:00 / 08:30 – credenciamento e café da manhã

08:30 / 09:00 – Mesa de Abertura

Alfredo Sirkis – Deputado Federal PV e Presidente da Subcomissão Rio + 20.

Marilene Ramos – Presidente do INEA Instituto Estadual do Ambiente.

Luiz Fernando Pezão – Vice-Governador e Coordenador Executivo dos Projetos e Obras de Infraestrutura do Estado do Rio de Janeiro.

09:00 / 10:45 – Mesa 1 – O Rio de Janeiro e o aquecimento global Coordenação: André Trigueiro – jornalista e professor da Puc-Rio.
Prof. Emílio La Rovere – Coordenador do LIMA – Laboratório Interdisciplinar de Meio Ambiente da UFRJ.
Aspásia Camargo – Deputada Estadual (PV).
Sérgio Besserman – Presidente da Câmara Técnica de Desenvolvimento Sustentável da Prefeitura
Marilene Ramos – Presidente do INEA Instituto Estadual do Ambiente.

10:45 / 11:00 – debate

11:00 / 12:00 – Mesa 2 – Friburgo e Teresópolis, reconstrução e prevenção Coordenação: Amélia Gonzalez – Jornalista, editora do caderno Razão Social do Jornal O Globo

Leila Soraya Menezes – Coordenadora do Projeto “Mudanças climáticas e respostas a desastres” da CARE-Brasil.

Vinicius Leal Cavalleiro – Promotor de Justiça e Coordenador-Geral do 6º Centro de Apoio Operacional do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro.

12:00 / 12:30 debate

12:30 / 13:30 – intervalo para almoço

13:30 / 14:30 – Mesa 3 – Uma nova defesa civil Coordenação: Paulo Messina – Vereador (PV)

Maria Nazareth Solino – Membro do Grupo de Estudos em Redução de Desastres do Instituto Brasileiro de Petróleo e colaboradora da Defesa Civil Municipal e Estadual do Rio de Janeiro.

Marcelo Tilio – Coordenador de Projetos da Tecgraf da PUC-Rio.

Glauber Braga – Advogado e Deputado Federal (PSB/RJ).

14:30 / 15:30 – debate

15:30 / 16:45 – Mesa 4 – Um urbanismo da era de aquecimento global Coordenação: Thais Corral – Coordenadora Geral da Redeh

Jeb Brugman – Sócio Gerente da The Next Practice e Consultor Estratégico Sênior do ICLEI Governos Locais pela Sustentabilidade.

Eduardo Jorge – Secretário Municipal da Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Cidade de São Paulo.

Felipe Peixoto – Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca.

Alfredo Sirkis – Deputado Federal (PV) e Presidente da Subcomissão Rio + 20.

16:45 – 17:15 – Debate

17:15 / 17:30 – encerramento e considerações

17:30 – 18:00 – Café
MAIS INFORMAÇÕES E ENTREVISTAS COM OS PARTICIPANTES E/OU ORGANIZADORES DA CONFERÊNCIA COM ELIZABETH CAMARÃO, PELOS TELEFONES 21.2521.3249 E 9124.1172

(Fonte: Assessoria de Imprensa da FIRJAN)

Quer saber mais sobre a trajetória da musa negra Quitéria Chagas? Veja fotos da carreira.

Quitéria Chagas








INSS: consulta dos contracheques com novos valores está liberada

Quem quiser consultar o quanto vai receber no próximo pagamento realizado pelo INSS já pode efetuar a consulta no site www.inss.gov.br. Após acessar a página, escolher "Agência eletrônica: segurado", sendo necessário clicar em "Extrato de pagamento de benefícios" e depois completar com dados como data de nascimento, CPF e nome completo.
Os segurados que recebem acima do salário mínimo tiveram um reajuste de 6,08%. Já para quem ganha o piso nacional o aumento foi de 14,13%.
A partir de quarta-feira, os pagamentos para quem recebe o salário mínimo vão ser realizados e no dia 1 de fevereiro para os demais segurados.

Ministra quer saber se houve racismo na falta de atendimento hospitalar do secretário de governo em Brasíia

A ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Luiza Bairros, quer incluir na investigação sobre a morte do secretário de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Duvanier Paiva Ferreira, a possibilidade de discriminação racial. Para ela, o motivo do não atendimento ao secretário que morreu de infarto após ter o atendimento negado em dois hospitais particulares de Brasília, é porque Duvanier e a mulher eram negros.
Luiza Barros, que fará o pedido à Polícia Civil do Distrito Federal, afirmou que, como o do secretário era negro a suspeita de racismo é procedente. "É válido que se levante essa possibilidade. Até porque, há muito tempo, vem se colocando e se denunciando o tipo de tratamento discriminatório que as pessoas negras recebem no Brasil. Isso é uma realidade", disse.
Duvanier morreu na madrugada de quinta-feira, aos 56 anos, após sofrer um infarto agudo do miocárdio e ter atendimento médico negado pelo Santa Lúcia e o Santa Luzia. Por que seu convênio não foi aceito e por não possuir um talão de cheques em mãos, Duvanier só foi atendido no Hospital Planalto, mas o seu estado se agravou ele não resistiu.
Diretores dos hospitais negam omissão
O diretor Jurídico do Hospital Santa Lúcia, Gustavo Marinho, disse que em nenhum momento o secretário pediu atendimento de emergência. "Ele perguntou se o hospital atendia o convênio dele. Foi dito que não, mas a pessoa que o atendeu disponibilizou o pagamento como particular".
Em nota, a diretora do Hospital Santa Luzia, Marisa Makiyama, informou que um levantamento para verificar o fato não constatou a entrada de Duvanier Paiva no Pronto Atendimento na madrugada de quinta-feira. "Para tanto, foram checadas as imagens do circuito interno de TV, bem como os registros telefônicos e feitos contatos com funcionários que estavam de plantão".
Câmeras de segurança podem ajudar
Segundo a delegada-chefe de Defesa do Consumidor, Alessandra Figueredo, um inquérito foi instaurado para apurar se houve ou não omissão de socorro. As imagens das câmeras de segurança dos três hospitais por onde Duvanier passou antes de morrer vão ajudar a Polícia Civil do Distrito Federal a esclarecer o caso.
Se for comprovada a omissão de socorro, os atendentes podem pegar até um ano e seis meses de prisão. "Se for uma norma do hospital, ou seja, eles (os diretores) instruem os atendentes a fazer isso, quem fez a norma é quem será responsabilizado". Segundo Alessandra Figueiredo, os hospitais só podem responder na parte cível.
"cheque caução" antes do atendimento não é crime
Em relação ao cheque caução, a delegada disse que                                  o Código de Defesa do Consumidor caracteriza a prática como abusiva. No entanto, a exigência de cheque caução antes do atendimento não é crime. O diretor Jurídico do Hospital Santa Lúcia negou que o hospital tenha exigido cheque caução.
"Isso não existe. Se ele tivesse solicitado socorro seria imediatamente levado à nossa sala de emergência e o médico prestaria o socorro. O pagamento é uma questão secundária".

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Beyoncé foi eleita em 2010 a mulher com o corpo mais bonito do mundo. Mas se a pesquisa fosse no Brasil?

A cantora Beyoncé, foi eleita em 2010 como a mulher de corpo mais bonito do mundo, segundo divulgou uma pesquisa encomendada pela Twentieth Century Fox. Com 24% dos votos femininos ela ocupou o primeiro lugar.
Já um em cada cinco homens britânicos disse se interessar mais pelo físico da atriz Megan Fox, 23, estrela de "Transformers". A pesquisa ainda revelou que Fox é a mulher com quem os homens desejam passar pelo menos uma noite.
A atriz Keira Knightly, de "Piratas no Caribe", foi eleita a mulher com o rosto mais bonito, seguida por Jennifer Aniston. Aniston ganhou como a dona dos cabelos mais bonitos e a celebridade que os homens gostariam de ter como esposa, com 28% dos votos.
Já a magérrima Victoria Beckham venceu na categoria corpo menos atraente. O resultado foi unânime entre homens e mulheres.     Mas se essa pesquisa fosse feita no Brasil, será que Beyoncé ganharia? Vejam mais ou menos como ficaria a competição:


Luma de Oliveira
Priscila BBB9


Mirella Santos
Juju Salimeni
Gisele Bündchen
 
Uma brasileira qualquer....


Esses são apenas alguns exemplos hipotéticos...agora imagine se for pra valer. Onde vai ficar a Beyoncé no meio dessa lista?



Colônias de Férias fazem sucesso em Teresópolis. Na programação, visita ao Parque Nacional

Em uma iniciativa que visa entreter, ensinar e socializar, as colônias de férias são sucesso neste período, sobretudo em Teresópolis, com tantos recursos naturais, onde as crianças aprendem desde pequeninas a ecologia e a convivência com o meio ambiente. Aos cuidados especializados de profissionais na área de pedagogia e educação física, elas recebem uma programação intensa que entretém ensinando e exercitando, mas o grande destaque das colônias é o Parque Nacional da Serra dos Órgãos. A visita nesta quarta-feira encantou as crianças, pois muitos deles iam pela primeira vez ao parque, que é respeitado no Brasil inteiro por sua estrutura internacional e recursos naturais que, em conjunto, se tornam um dos (senão o maior) ponto turístico de nosso município. A integração dos pequenos teresopolitanos com esta realidade é parte principal das colônias. E eles adoram.
Com quase setenta crianças em um grupo heterogêneo, Erica Marra era só alegria ao falar das atividades da Colônia em 2012. “Nós somos privilegiados por trabalhar com todas essas crianças e ‘Papai do Céu’ nos abençoou, pois depois de tanta chuva, agora muito sol e hoje pudemos vir para o Parque Nacional e fazer o nosso Piquenique Gigante”, sorri Erica com o seu jeito agitado que é como uma marca registrada “São sessenta e sete crianças dos clubes Comary, Casa de Portugal e Shalom e está sendo muito bom, mas elas estavam mesmo ansiosas para vir pra cá, pois o Parque é mesmo maravilhoso”, conclui a professora. 


(O Diário de teresópolis)

Montanhista encontra um cachorro vivo no alto do Kilimanjkaro, a montanha mais alta da África..

Um montanhista viu um cachorro vivo no topo do Kilimanjaro, a montanha mais alta da África, a mais de 5,7 mil metros de altitude e a vários graus abaixo de zero. “Estava urinando quando vi o cachorro deitado a um metro da rocha onde eu estava”, declarou John Messe, um turista que subiu com outros três amigos e fez uma foto do animal com o celular.
O cume, o pico Uhuru (“Liberdade”, em suaíli), tem quase 6 mil metros de altitude e uma temperatura que pode chegar a 15 graus negativos. Pelo intenso frio que faz nessa altitude, vários cientistas se questionaram como o animal conseguiu subir e sobreviver.
Foto feita com celular pelo montanhista.
Na opinião do veterinário Wilfred Marealle, é normal um cachorro resistir em condições ambientais de frio extremo, mas “é pouco comum que suba ao cume do Kilimanjaro”, no norte da Tanzânia, e avisou futuros montanhistas que encontrarem o cachorro que tenham cuidado, já que o animal pode ter raiva.
O diretor de marketing da empresa que organizou a subida dos montanhistas ao Kilimanjaro garantiu que há dez anos viu outro cachorro em um acampamento a 3.960 metros acima do nível do mar.
O fato lembra o livro "As neves do Kilimanjaro", de Ernest Hemingway, em que o autor americano fala da descoberta do esqueleto seco e congelado de um leopardo e afirma que ninguém conseguiu explicar o que o felino procurava naquelas alturas.

Japão: o mistério das gueixas. Beleza, cultura, tradição e sedução. Saiba mais.



kabuki, a mais bela.
Gueixa: (pessoa que vive da arte). As Gueixas são mulheres japonesas que estudam a tradição milenar da arte da sedução, dança e canto.
. 
A imagem dessas mulheres, maquiadas de branco e vestidas em belos quimonos, sempre fascinou o Ocidente. E exemplos desse deslumbramento não faltam, tanto no cinema como na literatura: "Memórias de uma Gueixa", livro do norte-americano Arthur Golden, virou filme.

Mas essa visão cheia de glamour não ajuda a revelar quem realmente são e o que fazem as gueixas. Fora do Japão é comum que elas sejam vistas como prostitutas de luxo, equívoco que explica ao mesmo tempo o preconceito e o romantismo que as cercam.


Gueixas não têm relação com a prostituição, porém, a palavra "geisha girl" tem, e foi usada durante a ocupação americana no Japão, denegrindo a imagem delas. As gueixas entretêm por meio da cultura e das tradições, não pelo sexo. No entanto, durante a Segunda Guerra Mundial, algumas se tornaram prostitutas, o que também prejudicou a imagem delas, deturpando o conceito.
Ao contrário do que muitos imaginam, um cliente que paga pelos serviços de uma gueixa muitas vezes não recebe sexo em troca. E quando isso acontece, é uma decisão que cabe quase sempre à própria gueixa.


No entanto, isso não impedia a concretização de certas práticas, como o Mizuage, um dos acontecimentos mais importantes na vida de uma Gueixa, e que consistia na venda da sua virgindade. A primeira relação física de uma gueixa era leiloada a preços exorbitantes, e podia cimentar muito da sua reputação e prestígio.O universo das gueixas, mulheres-artistas que se dedicam a agradar aos homens por meio da dança, da música e da pura adulação é um território a parte do Japão. É um mundo de sonhos, permeado de romance, luxo e exclusividade. Para conhecer seus mistérios, poucos são os selecionados. Para manter o fascínio da arte, raras são as escolhidas.
Ser gueixa não é uma simples opção. Para se tornar mestras de entretenimento masculino, as maikos (aprendizes) precisam muito mais do que dotes artísticos e um rosto sem espinhas. Afinal, elas são treinadas para amansar os egos dos homens mais poderosos do Japão, sejam eles políticos graduados, abastados empresários ou temidos yakuzas (mafiosos). Todos milionários que não se importam em torrar fortunas, para serem inebriados em suas próprias fantasias.

Prefeito Arlei se reúne com diretores das escolas‏ para apresentar o novo Secretário

José Leonardo é competente e dedicado ao que faz.
Espera-se que sua atuação seja benéfica para a Educação
na cidade.
Na tarde desta quinta-feira, 19, o Prefeito Arlei se reuniu com as equipes diretivas das unidades escolares da Rede Municipal de Ensino. O encontro, ocorrido no auditório da Secretaria de Educação, teve como objetivo a apresentação do novo Secretário da pasta, José Leonardo Vasconcelos de Andrade, e sua equipe de trabalho. Na ocasião, também foram abordados assuntos administrativos e pedagógicos.

Abrindo o encontro, a nova Diretora do Departamento de Educação, professora Carla Rabello, lembrou que a Secretaria é apenas uma pequena parte de um trabalho realizado com muita competência por todos os educadores do município. “Esta reunião é para que as equipes diretivas conheçam a nova configuração da Secretaria e aquele que vai nos representar daqui pra frente, o professor Leonardo. Além de reforçar que estamos aqui para trabalharmos lado a lado. Precisamos caminhar juntos pela educação da nossa cidade”, convocou Carla.

Em seguida, Arlei fez questão de agradecer pessoalmente a todas as equipes diretivas presentes pelo excelente trabalho que vem sendo feito e apresentar o novo Secretário. “Os nossos Secretários têm um importante comprometimento com nosso município. Eu conheci o Leonardo como administrador da Câmara Municipal, onde sempre se mostrou uma pessoa séria, humilde, dedicada e com o perfil adequado para dar continuidade aos nossos planos na Educação”, ressaltou o Prefeito. 

José Leonardo fez o uso da palavra com visível emoção. “Eu amo a escola pública e quero fazer um trabalho inclusivo, de união, de respeito aos profissionais e alunos. Para quem não acreditou no valor que a nossa sala de aula tem, aqui estou eu, que sempre estudei em escola pública”, falou o Secretário.

Seguindo a reunião, foram apresentados os integrantes da nova equipe de coordenação da Secretaria, que deliberou com as equipes diretivas a respeito de assuntos administrativos e pedagógicos, como horário de funcionamento, mudanças no calendário do primeiro semestre, Jornada Pedagógica e quadro de hora-extra, entre outras questões. 

Os Secretários Carlos Tucunduva (Turismo), Fábio Cardoso (Controle Interno) e Maria das Graças Granito (Desenvolvimento Social e Economia Solidária) também estiveram presentes.

Enfim a mulher confessou. A gravidez de quadrigêmeos era mesmo uma farsa.

Como ela conseguiu manter essa farsa durante tanto
 tempo é que impressiona
 

A mulher que dizia estar grávida de quadrigêmeos em Taubaté, no interior de São Paulo, admitiu que a gestação não passou de uma farsa. Agora, ela pode responder por estelionato, já que ganhou várias doações com a falsa barriga.

Os advogados de Maria Verônica dos Santos reuniram a imprensa na tarde desta sexta-feira para tentar justificar a farsa. A mulher virou notícia ao aparecer com uma barriga bem maior que a de uma grávida comum.

No início de janeiro, a pedagoga apareceu em rede nacional anunciando que estava grávida de quatro meninas idênticas, um caso raro na medicina. As chances de uma mulher ter esse tipo de gestação é de uma em 500 mil. Nesta sexta-feira, os advogados não disseram por que Verônica inventou a gravidez. Segundo eles, a barriga era feita de silicone e tecidos. 

Estelionato e falsidade ideológica

Durante o mês de fama, Verônica recebeu presentes para o enxoval das quadrigêmeas. Agora que a farsa foi revelada ela diz que vai devolver as doações, o que não vai isentá-la de um processo criminal.

A falsa gestação  foi aos poucos sendo desmascarada. O médico disse que ela não estava grávida de acordo com o ultrassom. Outro fato que levantou suspeita foi a ultrassonografia divulgada pela gestante que teria sido copiada da página de uma blogueira de Blumenau, em Santa Catarina.

Kleber, o marido da pedagoga, afirmou ao advogado da mulher que foi o último a saber da farsa. O que era um mistério, virou inquérito policial. Verônica e o marido podem responder pelos crimes de estelionato e falsidade ideológica.

Chiclete e Jamil e Uma Noites contagiam público na primeira noite de Cabofolia


A madrugada desta sexta-feira (20) foi embalada pelo ritmo do Cabofolia. Uma das principais micareta do estado começou na quinta (19) contagiando o público que foi ao espaço de eventos de Cabo Frio.


O Cabofolia completa 14 anos, o Chiclete com Banana só não participou de duas edições. Este ano fez a abertura e arrastou a multidão.


Foi o trio elétrico entrar no circuito e ninguém mais conseguiu ficar parado. O axé da banda baiana tomou conta do centro de eventos.


Uma paixão correspondida. Foi um show de Bell Marque e companhia e também do público. Dançando, pulando e cantando junto cada sucesso.


Animação também nos camarotes, valeu de tudo para ver melhor o Chiclete com Banana.


O Cabofolia é festa, mistura de ritmos e de gerações. O Jamil e Uma Noites encerrou a festa. Mas foi só a primeira noite, vai ser preciso fôlego, porque até domingo (22) são mais seis shows e muitas voltas atrás do trio elétrico.


O evento vai até domingo (22). Nesta sexta-feira (20) os shows ficam por conta de Ivete Sangalo e do vocalista Tomate.